ADUFSJ

32º Congresso do ANDES-SN aprova Fundo Único para o Sindicato

Na plenária que trata das finanças do Sindicato Nacional foi aprovada a criação do Fundo Único, que irá integrar os três fundos já existentes no sindicato: de Solidariedade, Mobilização e Greve. Sua função será cobrir gastos com futuras campanhas, paralisações, marchas e outros movimentos que os docentes venham a encampar.

Servirá também para ajudar diretores de seções sindicais que sofram demissões arbitrárias ou sem justa causa, que tenham seus salários total ou parcialmente retidos ou dias de trabalho descontados, principalmente em função de retaliações políticas por suas atuações no Movimento Docente.

Somente serão cobertos salários de diretores de seções reconhecidas por suas respectivas secretarias regionais do ANDES-SN. A ajuda financeira será interrompida caso o docente consiga outro emprego com salário líquido igual ou maior que o anterior. Se menor, o uso do fundo será para cobrir por determinado período a diferença do salário recebido com o salário mínimo calculado pelo Dieese.

Os delegados aprovaram também manter um auxílio financeiro mensal à Auditoria Cidadã da Dívida e à Escola Nacional Florestal Fernandes (ENFF), centro de educação e formação idealizado pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). A escola, criada em 2005, oferece cursos aos trabalhadores rurais voltados para a produção, comércio e gestão dos acampamentos e assentamentos.

Texto: Mariana Freitas (Adufmat - SSind)
Com edição do ANDES-SN

Fonte: ANDES-SN


Voltar

Conveniados

                             
                   
ml>